aviso-cenas-muito-fortes

Mutilações, muitas delas feitas sem anestesia*, são comuns na pecuária. Pode-se dizer que muitas pessoas só têm a carne garantida na mesa e nos churrascos porque há gente amputando chifres, caudas, testículos, dentes e bicos nas fazendas e granjas. É o caso do vídeo abaixo, lançado no YouTube em 2011 e com cenas ultrajantes de um leitãozinho tendo a cauda e alguns dentes arrancados.

Processos assim são comuns na pecuária, muito mais do que se acredita e do que os onívoros desejam. Livros de zootecnia descrevem com frieza essa literal violação dos corpos dos animais como algo corriqueiro e até “necessário” para se produzir uma “carne de boa qualidade” e “evitar problemas” no rebanho. Bem-estarismo poderia até acabar com algumas das piores violências, mas não acabaria com as violências maiores que são a escravidão, a negação dos direitos básicos à vida e à liberdade e o assassinato.

Se você estiver preparado, assista ao vídeo abaixo. Se for onívoro, reflita como você pode acabar com o tratamento desses animais como propriedade humana. Se for veg(etari)ano, divulgue com prudência e parcimônia, visto que não é de qualquer jeito que material assim atrai a curiosidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*