Foto: Papacapim/Facebook
Foto: Papacapim/Facebook

por Sandra Guimarães, do blog Papacapim, em postagem no Facebook

Alertem a imprensa! Clara de ovo já era! Veganos podem comer merengue, suspiro e todas aquelas outras coisas que a gente achava impossível de fazer porque não tinha nada no reino vegetal que tivesse as propriedades espumantes da clara de ovo batida em neve.

O melhor de tudo? O substituto vegetal da clara de ovo aqui é algo simples, barato, que encontramos em qualquer lugar e que geralmente acabava no lixo. Preparados? Lá vai (batimento de tambores): ÁGUA DE COZIMENTO DE GRÃO DE BICO. Sim, aquele líquido que sobra na panela quando você cozinha grão de bico em casa. Ou o líquido que acompanha grão de bico enlatado.

Descobri o feitiço, porque é quase um, algumas semanas atrás, quando fui ao Festival Vegano de Brighton, aqui na Inglaterra. Numa palestra sobre como substituir ingredientes de origem animal em bolos, a dona de uma confeitaria vegana daqui contou que um tal de Goose Wohlt tinha tido a ideia de gênio e compartilhado a proeza no grupo FB ‘What fat vegans eat’. Desde então a notícia se espalhou como rastro de pólvora pela internet e veganos do mundo inteiro estão postando fotos de suspiros, merengues e afins. Não sei como a ideia de usar água de cozimento de grão de bico pra substituir clara em neve apareceu na cabeça de Goose, mas acho que estátuas deveriam ser erguidas em homenagem a esse herói com os seguintes dizeres: “Aquele que deixou os ovos demodê” (sugestão do meu amigo Marcelo)

Instruções pra conquistar o mundo dos suspiros e mashmallows e impressionar as gatinhas (ou gatinhos):

1- Cozinhe grão de bico e reserve 3/4 de xícara da água do cozimento (ou a mesma quantidade do líquido que vem com o grão de bico enlatado).

2- Pra deixar a mistura mais concentrada, transfira pra uma panela pequena e ferva até o líquido reduzir pela metade. Essa etapa é opcional, mas deixa o merengue mais consistente.

3- Bata o líquido (concentrado ou não) na batedeira ou com batedor elétrico. NÃO DÁ PRA BATER NA MÃO com um fouet/batedor de arame, pois você vai precisar incorporar muito ar à mistura pra mágica dar certo.

4-Quando a mistura tiver dobrado de volume e estiver espumante e aerada acrescente 1/2 xícara de açúcar comum (não precisa ser de confeiteiro) e continue batendo até atingir a consistência de mashmallow mole (veja a foto abaixo).

5- Como fica um leve sabor de grão de bico, perfume a mistura com algumas gotinhas de extrato de baunilha. Ou raspas de limão/laranja, essência de amêndoas ou o que mais encontrar na sua cozinha (e combinar com a receita que você estiver preparando).

A partir daí sua imaginação será seu guia. As possibilidades são muitas:

1- Assar a mistura em montinhos (forno baixíssimo), formando suspiros.
2- Usar como base pra fazer uma pavlova.
3- Usar o mashmallow mole pra rechear bolos, cupcakes etc.
4-Colocar em cima de uma torta de limão e assar, criando aquela cobertura-suspiro.
5- Usar a mistura como base pra fazer biscoitos que são normalmente feitos com clara de ovo em neve, como os macarons franceses, os amaretti italianos… Macaron!!!!!!! Amareto!!!!!! Nosso mundo nunca mais será o mesmo.

Ainda não testei, mas imagino que dá pra bater a água do grão de bico sem o açúcar, até obter uma espécia de ‘clara’ em neve firme e usar em receitas que normalmente usam esse ingrediente (suflês, mousses). Quando testar divido os resultados com vocês.

2 comments

  1. Eu testei e achei fantástico, porém: não consegui fazer suspiros porque derreteu tudo e voltou a ser água no forno. Coloquei no congelador o marsmallow já pronto mas com o passar das horas, ele voltou a ser água novamente. Tem que descobrir um jeito de fazer ele ficar mais estável…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*