hoax-penalidade-aprovada

A defensora animal Lilian Rockenbach alerta que está em circulação um boato segundo o qual o enrijecimento da pena contra maltratadores de animais já teria sido aprovado pelo Congresso Nacional. Leia o aviso dela:

Pessoal, essa informação é falsa. 

Trata-se de um hoax, que está sendo amplamente divulgado com a intenção de confundir os defensores.

O projeto de lei do Novo Código Penal aumentou as penas para “de 1 a 4 anos de prisão”, mas não está aprovado, ainda é um projeto de lei.

O Movimento Crueldade Nunca Mais está lutando para que estas penas sejam aumentadas ainda mais. Queremos penas “de 2 a 6 anos de prisão” para afastar a possibilidade de transação penal (pagamento de cestas básicas), e suspensão condicional do processo.

A intenção deste hoax é fazer com que os defensores deixem de lutar por achar que já é lei.

Portanto, você que defende ativamente os animais, não pare de reivindicar o enrijecimento da punição contra quem tortura animais. E adicionalmente, reivindique também o fim da impunidade, porque só a lei escrita e sancionada não é o suficiente para deter gente violenta.

E você que ainda não é veganx, procure desligar seu hábito de consumo daquelas violências que ainda não são consideradas crime, como as mutilações, aprisionamentos e abates na pecuária e na pesca. Leia e assista aqui e saiba por que o veganismo é o mínimo a se fazer para acabar com as violências legais e ilegais contra os animais não humanos (e humanos também).

Imagem original do malicioso boato (se você tem boas intenções para com a defesa animal, não compartilhe):

imagem-falsa-codigo-penal

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*