miniatura-15

O vídeo desta semana do Canal Veganagente é uma resposta a um vídeo da HSI (Humane Society International) do Brasil de 4 anos atrás. Minha resposta problematiza a “conscientização” promovida pelo material da entidade bem-estarista em questão.

O vídeo respondido fala de como é cruel o regime de confinamento intensivo (24 horas por dia e 7 dias por semana, até a morte) imposto a galinhas “poedeiras” e porcas “matrizes” (reprodutoras) em granjas industriais e fazendas-fábrica suínas. Mas só mostra uma pequena parcela dessa crueldade, omitindo outros aspectos muito importantes dela. E, sobretudo, não problematiza o uso de animais não humanos como objetos sob propriedade de seres humanos, costume que é a raiz de todas as violências praticadas pelos humanos contra os demais animais.

Outro aspecto criticado por minha resposta é o aconselhamento, feito pela HSI Brasil, de “não participar” da exploração intensiva dessas fêmeas e optar ou pelo protovegetarianismo, ou pelo consumo de carne e ovo “felizes” (fornecidos por fazendas e granjas bem-estaristas).

Assista ao vídeo abaixo (ou direto no YouTube) e entenda melhor as críticas do abolicionismo animal ao bem-estarismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*