miniatura-#16

O vídeo nº 16 do Canal Veganagente é uma mensagem de incentivo às pessoas protovegetarianas para que percebam que também há problemas éticos em se consumir alimentos como laticínios, ovos e mel, mesmo quando a pessoa já deixou de comer carne. Ele foi inspirado nesse vídeo do vlog Uma Abelha, no qual a vlogueira declara ter parado de comer carne mas admitiu não ter dado ainda os passos seguintes rumo ao veganismo.

Meu vídeo mostra dados e fatos importantes sobre as violências inerentes à pecuária por trás da produção de leite e ovos. Também indica um link rico em informações sobre a violência da apicultura que fornece o mel. Complementa um vídeo de janeiro de 2013 sobre escravidão e mortes na produção de leite e ovos.

Assista ao vídeo abaixo (ou direto no YouTube). Se você ainda é ovolacto, esse vídeo pode tocar você. Se já é vegetarianx (tendo abolido das refeições todos os alimentos de origem animal) ou vegan, convido você a compartilhá-lo para que pessoas que ainda não saíram do lacto, ovo ou ovolactovegetarianismo assistam e tomem conhecimento daquilo que possivelmente ainda não sabem.

Links referenciados no vídeo:

Links que ainda hoje (01/12/14) funcionam, na descrição do vídeo “Escravidão e mortes na produção de leite e ovos”:
Causas que levam pecuaristas a matarem vacas “leiteiras”
Pecuaristas mandaram vacas “leiteiras” à morte no matadouro em protesto em 2008
– Bezerrinhos roubados das mães e explorados para produção de carne de vitela
– Pintinhos machos mortos e descartados logo após saírem da casca
Galinhas mortas por “baixa produtividade” e aspectos físicos que a atestem
Galinhas “poedeiras” também podem ser mortas para produção de carne

Sérgio Greif: O mel

Consciencia.VLOG.br: Série de vídeos “Os limites do veganismo” – as duas partes finais, que mencionam dez maneiras possíveis de fazer ativismo abolicionista: Parte 5 e Parte 6

Ask.fm do Veganagente: envie suas dúvidas sobre Veganismo e Direitos Animais

Leia também:

Existem soluções que tornem ético o consumo de alimentos de origem animal?
Por que divulgar receitas com leite e/ou ovos não difere eticamente de divulgar pratos com carne
30 perguntas a quem (ainda) consome alimentos de origem animal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*