royal-coelhos

Leia o primeiro post com respostas a conteúdos pró-pesquisas em animais e pró-Instituto Royal

Atualizado em 26/10/13 às 11h29

Continua neste post a compilação de textos encontrados na internet que defendem o Instituto Royal e as pesquisas em animais. Textos que, apesar de postados por pessoas que dizem defender o avanço da ciência, manifestam claro conservadorismo e conformismo em relação à atual incapacidade de substituição total das pesquisas farmacológicas e fisiológicas feitas em cobaias.

Aqui, ao contrário do primeiro post, não tem vídeos respondidos – o vídeo de Pirulla “Experimentos e beagles – FAQs” não é uma réplica a mim, ao contrário do que eu imaginava antes de assistir -, mas não faltam textos que, não saindo da premissa de que temos o direito de explorar animais em laboratórios e eles são inferiores a nós, variam entre o conservadorismo e o reacionarismo contra a ação direta que resgatou coelhos e cães e flagrou também o aprisionamento de ratos no Royal.

Agradeço a quem me indicou vários dos textos abaixo. Se puderem indicar mais textos que eu ainda não tenha respondido aqui, podem me trazer os links, agradeço mais ainda.

Abaixo estão os textos. Como a carga de reacionarismo antilibertação animal neles está bem menor do que os últimos textos respondidos no post anterior, coloco todos numa só seção. E como bônus, o final do post tem três imagens que foram divulgadas no Facebook por gente pró-vivissecção e respondidas por mim. Clique em cada imagem para vê-la em tamanho completo.

 

Primeiro texto encontrado no Facebook:

068-ditaduradaminoria

 

 

Segundo texto encontrado no Facebook:

069-mesmahistoria

 

 

O mesmo articulista que é um dos mais famosos e raivosos formadores de opinião reacionários do Brasil e teve dois textos respondidos no outro post marca presença por aqui duas vezes de novo:

071-luisamell

 

 

073-estreptococos

 

 

Duas reportagens mostram defensores das pesquisas em animais, uma deles envolvida diretamente com os absurdos do Instituto Royal,  marcam presença aqui:

074-vegetarianosradicais

 

 

075-tratadoscomcarinho

 

Um texto de um direitista convicto fala um monte de abobrinha e coloca Peter Singer como representante máximo da causa animal:

076-homens

 

Outro reaça trouxe um texto exaltando quase como uma obra divina a experimentação animal, noticiando um caso em que ratos tiveram parte de seu sistema nervoso danificada – e muitos deles nunca mais voltaram a andar com as quatro patas – e sentindo muito mais misericórdia pelos cientistas que ele diz terem remorso ao explorarem cobaias do que pelas próprias vítimas do experimento:

077-ciencianaoservepranada

 

E agora o mais lamentável de todos: a pérola abaixo foi postada por um blog que se diz de esquerda – mas adotou uma posição completamente conservadora e pró-opressão em se tratando de animais:

072-beaglemaniacos

 

 

Abaixo, as imagens pró-experimentação animal respondidas:

o-que-queremos-especista

 

Respondida com essa (elaborada por mim):

o-que-queremos-abolicionista

 

A minha resposta a uma outra imagem (que está dentro da própria imagem-resposta):

libertação e hipocrisia

 

 

E mais uma devidamente respondida:

bichos-de-deus-e-do-diabo

 

 

E outra, “exigindo” que ativistas também libertem os animais do Instituto Butantan – mas cadê a pessoa oferecer ajuda ou pelo menos apoio?

butantan

 

 

Atualização (28/10/13, 21h07): Mais textos, um deles claramente reacionário, para a lista.

Primeiro, um posicionamento de uma entidade fomentadora de pesquisas em animais se lamentando:

080-sbcal

 

Em seguida, uma matéria que, na sua primeira metade, insiste no “não é possível”, “não dá”, “é assim mesmo” e em seguida solta a pérola de considerar o uso de córneas arrancadas de cadáveres bovinos uma “alternativa” válida à exploração de cobaias:

079-aindadepende

 

E um pouco mais de reacionarismo:

078-torquemada

2 comments

  1. Oi Robson.

    Somente para constar. Acho que você nunca teve tantas visualizações no youtube quanto nos últimos videos, o problema é que junto vem os comentários TERRÍVEIS dos fanboys do video rebatido.
    Olha esse: “Sim. Ética é subjetiva. Você pode acreditar que criar animais com fins exclusivos para satisfazer os seres humanos (experimentação, alimentação, companhia, guarda) é errado. Outros não acham. Isso é subjetividade.
    Ainda: criar animais para fins exclusivos de bem estar humano é ruim? Criar labradores para farejar bombas/drogas pode ser inaceitável para algumas pessoas.
    O que não pode é impor seus valores numa sociedade que não pensa como você.? Eu não julgo, juízes julgam e eles acham justo.”
    Do começo ao fim, mostra uma total falta de contato com os assuntos em questão. Não perca tempo respondendo esse tipo de usuário.

    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*