Clique na imagem para vê-la em tamanho completo
Clique na imagem para vê-la em tamanho completo

Foi lançado essa semana o livro Somos todos animais, organizado pelo escritor Ulisses Tavares e pela jornalista e diretora da ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais) Silvana Andrade. A obra contém 43 artigos, cada um de um(a) colunista da ANDA, incluindo uma versão compacta do meu artigo Vaquejadas: a essência de um “esporte” que explora animais (versão completa postada aqui no Veganagente e na ANDA).

O texto de release (divulgação) feito por Ulisses Tavares anuncia:

Animais estão deixando de ser encarados como fontes de proteínas e diversão para serem reconhecidos como cidadãos com direitos. Em alguns países esse processo está mais adiantado, em outros permanece na estaca zero. Mas de qualquer maneira muita coisa mudou. Animais domésticos hoje fazem parte da família. Países criam legislações específicas para defender os direitos animais.

O livro Somos Todos Animais mostra um retrato dessa era de mudança. Seus capítulos foram escritos por autores ligados de uma maneira outra à causa animal. Ele mostra o quanto esse tema está presente nos menores detalhes de nossas vidas.

Alguns artigos falam de alimentação, com destaque para o crescente movimento por uma cozinha sem crueldade e com cada vez menos carne nos pratos. Outros falam sobre entretenimento e cultura, mostrando a crueldade que envolve espetáculos como o circo e tradições perversas como a Farra do Boi.

Existem também ensaios sobre aspectos mais sutis e profundos. Como a espiritualidade e o complexo sentido de emoção dos animais, um assunto estudado há mais de um século, mas que só agora vem à tona. Ou a ligação entre maltrato de animais e psicopatia em humanos. Moda, turismo, mídia, economia são alguns dos temas revistos com o novo ponto de vista: o de humanos que descobriram que também são animais.

Além de mim, há a presença de nomes bem conhecidos entre os abolicionistas brasileiros, como Sônia Felipe, Nina Rosa Jacob, Bruno Müller, Leon Denis, Luciano Carlos Cunha, George Guimarães, Laerte Levai e o próprio Ulisses, além de nomes emergentes muito promissores, como Dani Miranda, Tiago Amorim, Ellen Augusta Valer de Freitas, Lili Goes, Daniel Braga Lourenço e Juliano Zabka.

O livro, com 216 páginas, pode ser comprado por R$35,00, por pedido para o e-mail faleconosco@anda.jor.br. A renda do livro é toda revertida para a manutenção do portal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*