Sobre o Veganagente

logo-veganagente

Veganagente é um blog especializado em veganismo, trazendo tudo aquilo que onívoros, flexitarianos e protovegetarianos precisam saber para se tornarem veganos com comodidade e segurança e muitas informações para veganos se aprofundarem ainda mais em seu veganismo e aprimorarem ainda mais a prática da ética dos Direitos Animais.

O blog é focado em artigos de conscientização, prints de resposta a textos antiveganos, vídeos, receitas e memes. Antigamente postava notícias relacionadas aos Direitos Animais e ao veganismo e anúncios de eventos, mas desde 2015 não o faz mais.

Aqui se pretende trazer algo inovador entre sites de veganismo: cativar as classes populares, que tradicionalmente têm sido um tanto negligenciadas no meio vegano online brasileiro e cuja virtual exclusão tem dado a muitos a impressão de que o veganismo seria algo elitista e fora do alcance dos mais pobres.

Do nome do site é possível pensar em três combinações, todas elas condizentes com os propósitos daqui:

a) Vegana gente ou Vegan a gente: Este site é de gente vegana para gente vegana, além de ser também para conscientizar onívoros e vegetarianos. O vlog frisa que a palavra gente também intenciona divulgar o veganismo para pessoas de todas as classes, rejeitando o elitismo de parte do movimento vegano brasileiro;

b) Vegan agente: Aqui o veganismo é defendido como forma de ação contra a escravidão animal e por um mundo melhor. O agente também é reagente, quando reage contra a exploração animal, o especismo, o antiveganismo e as dificuldades que ainda afligem os veganos no seu dia-a-dia.

Todos são bem vindos aqui, de onívoros curiosos a veganos. Porém, antiveganos não estão livres para postarem com agressividade e provocações.

O blog está em permanente construção, recebendo cada vez mais conteúdo para se tornar mais e mais completo.

 

Política de divulgação de receitas

Veganagente evita divulgar receitas que sejam complicadas, levem ingredientes caros e/ou difíceis de se encontrar nas cidades do interior e/ou contenham abundância de ingredientes não tão saudáveis – como açúcar refinado, farinha de trigo branca e óleo de soja ou milho geneticamente modificados.

Apenas conteúdo com o mínimo de acessibilidade socioeconômica é trazido para cá. Portanto, não estranhe se não encontrar por aqui aquela receita deliciosa com tofu defumado, ágar-ágar ou shitake.

Robson Fernando de Souza
Siga-me aqui

Robson Fernando de Souza

Autor dos blogs Consciencia.blog.br e Veganagente e do livro Veganismo: as muitas razões para uma vida mais ética. Formado em Licenciatura em Ciências Sociais (UFPE, 2016) e Tecnologia em Gestão Ambiental (IFPE, 2008). Adora Sociologia, meio ambiente, Direitos Animais & Veganismo e autoajuda.
Robson Fernando de Souza
Siga-me aqui