O que é o veganismo? Versão resumida

O que é o veganismo? – muitas pessoas se perguntam. O que é esse tal de veganismo, do qual tanta gente tem falado ultimamente?

Saiba aqui o que esse modo de vida é e defende, num artigo rápido que esclarecerá essa básica dúvida.

Afinal de contas, o que é o veganismo?

O veganismo, segundo a Vegan Society da Grã-Bretanha (tradução minha):

“é um modo de vida que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade promovidas contra animais para fins de alimentação, vestuário e qualquer outro propósito.”

A Vegan Society ressalta também que:

“Dos veganos fãs de junk-food aos crudívoros, e todos das categorias intermediárias, há uma versão de veganismo que se adequa a cada pessoa. Porém, uma coisa que todos nós veganos temos em comum é uma alimentação vegetal que evita todo e qualquer alimento de origem animal, como carne (incluindo peixes, moluscos e insetos), laticínios, ovos e mel – assim como produtos como couro e qualquer um testado em animais.”

O veganismo tem como objetivo geral contribuir para a abolição de toda e qualquer tradição de exploração animal e inferiorização dos animais não humanos em relação aos humanos.

É baseado num princípio ético: reconhecer os animais não humanos como nossos iguais e, portanto, tão merecedores do nosso respeito e de direitos fundamentais quanto nós.

Ou seja, como dignos dos chamados Direitos Animais, versão não humana dos Direitos Humanos, como os direitos à vida, à liberdade, à integridade física e psicológica, à socialização e a não ser propriedade dos humanos.

E se alicerça num objetivo político: combater e erradicar o especismo, o preconceito e tradição que considera os animais não humanos como moralmente inferiores aos humanos, e suas implicações práticas, como a exploração animal, a violência contra os animais, o tratamento de animais como propriedade e mercadoria etc.

“Ser vegano é um estilo de vida então, é isso?” – alguns perguntam neste instante.

Não é bem um estilo de vida, porque não implica a adesão a um conjunto pré-estabelecido de gostos, crenças, estilos, modas etc. Existem veganos dos mais diversos estilos de vida, do anarcopunk ao evangélico.

“E ser vegano é complicado?” – talvez você pergunte.

Não é mais complicado a partir do momento em que compreendemos melhor como ser vegano, ou seja, como substituir os produtos de origem animal e as marcas de empresas que testam em animais.

Conclusão

O veganismo é um modo de vida acessível, que pessoas de qualquer estilo de vida e religião (ou irreligião) pode aderir sem problemas. Vem para tornar este mundo um lugar melhor de se viver. Se você deseja melhorar o mundo, ser vegano é uma ótima pedida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*